A IMPORTÂNCIA DOS PROJETOS SOCIAIS DENTRO DAS EMPRESAS

Está cada vez mais comum ver empresas engajadas em projetos de responsabilidade social ou de sustentabilidade. Importantes marcas e grandes corporações de diversos segmentos aprenderam a ampliar suas atenções, que antes estavam voltadas somente para os clientes, levando-as também a desempenhar importantes funções sociais nas comunidades carentes.

Existem algumas empresas, podemos até citar alguns exemplos, como: Votorantim, OMO, Coca-Cola, Itaú e Petrobrás que investem em seus próprios projetos sociais, afim de, contribuir com o desenvolvimento igualitário em nossa sociedade. Essas empresas têm incentivado o aumento intelectual, o cuidado com a saúde, a solidariedade, a preservação dos recursos naturais e o respeito com as divergências entre escolhas e opiniões.

No entanto, o que tem levado essas empresas a perceberem que seus clientes não são somente meros compradores, que são humanos com necessidades específicas, que carecem de soluções adaptadas as suas realidades culturais e escolhas ideológicas e com valores ampliados para a sociedade não para um indivíduo?

Philip Kotler, o guru do Marketing, explica que o “Marketing Centrado no Ser Humano” (conhecido como o Marketing 3.0), tem surgido e se desenvolvido em alta escala e que as empresas que não se adaptarem a essa nova realidade tendem a não serem enxergadas com bons olhos pelos seus consumidores. Os clientes querem estar envolvidos no processo de desenvolvimento de produtos e serviços que atendam suas necessidades de criatividade e participação e que valorizem as comunidades.

Mas então, onde entram as pequenas empresas e suas participações nesse novo cenário? Respondemos que, todos podem contribuir com a sociedade e fazer algo pelas comunidades carentes, sem precisar dispensar alto investimento para os projetos sociais. Entre as idéias simples, mas eficazes, está o apoio às entidades filantrópicas e as ONG’s (Organizações não governamentais). Mas existem muitas possibilidades que exigem apenas força de vontade e um pouco de visão estratégica para perceber que as marcas não estão mais atreladas somente ao racional, mas também ao emocional. Os consumidores vêem sua empresa com o coração e esse é o objetivo principal do Marketing 3.0 que discutiremos de forma mais ampla em outra oportunidade.

Por agora, ficam as dicas de algumas atitudes sociais que sua empresa poderá colocar em prática sem muita dificuldade ou alto investimento:

- Campanhas entre os colaboradores e clientes que incentivem a doação de sangue, medula óssea e órgãos;

- Coleta seletiva de lixos produzidos dentro da própria empresa;

- Campanhas para coletas de agasalhos, alimentos, brinquedos;

- Reunir a equipe e fazer visitas aos orfanatos, asilos e hospitais;

- Desenvolver produtos ou serviços que não agridam o meio ambiente e faça utilização responsável dos recursos naturais.

Marketing Diversos , , , , ,

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>